A jornalista Carla Vilhena. (Foto: Reprodução/TV Globo)
A jornalista Carla Vilhena, que atuava como repórter especial do Fantástico e apresentadora eventual do Jornal Nacional, pediu demissão da Globo no começo desse ano. Vilhena, de 50 anos, deixou a Globo para se dedicar a um projeto pessoal: seu site.

Em texto publicado na época, a jornalista fala sobre o novo rumo na carreira profissional e agradece aos amigos que fez na emissora em sua trajetória, que começou em 1984 e foi interrompida para passagens na Rede Manchete e Band, voltando para a Globo em 1997, onde seguiu até hoje.
Em conversa com o programa TV Fama, Carla revelou o verdadeiro motivo de ter decidido deixar o canal (o contrato dela se encerra no dia 30 de abril e não será renovado): “Eu sei que as pessoas estão achando as férias realmente longas. Eu estava com muitas férias acumuladas e muitos feriados que eu acabei trabalhando seguidos. Agora eu tô de férias até o fim do contrato”, disse ela.
“A gente, de vez em quando, tem que encarar novos desafios. Isso faz a gente se sentir viva e bem”, completou a jornalista, que ainda revelou se pretende assinar com outro canal de TV: “Nesse momento eu não posso dizer nada, até porque tem muito projeto, mas nada de concreto para anunciar. Não posso descartar nenhuma possibilidade.”
No final da entrevista, Carla só elogios para a com a emissora: “Foi um casamento lindo. Foi definitivo, decisivo na minha vida em construir quem eu sou hoje.Não existe muito um resumo, as pessoas sempre vão pensar que a Carla queria outra coisa… eu fiz trabalhos maravilhosa, ganhei prêmios pelo Fantástico”, contou. Sobre a saída, ela finaliza: “A liberdade de ser quem eu quiser, agora, foi um grande passo para mim [pedir demissão].”
DESPEDIDA DE CARLA
“Meus amigos queridos:
Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Tive que, para isso, criar redes sociais para dar suporte e divulgação ao site. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito –  e gostei.
Por isso este e-mail, que não é uma despedida, já que continuarei pertinho de vocês, nesse mundo tornado ervilha pela internet. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso.
Aproveito para compartilhar com vocês o amor que sempre me ligou à Globo, emissora onde entrei há 34 anos e que me ensinou a fazer televisão.
Vou aproveitar algumas férias acumuladas para descansar e dar esses primeiros passos na nova estrada, até o fim do contrato, dia 30 de abril.
Agradeço de coração a todos os que tornaram possível a transformação da vida daquela menina que, em 1984, entrou por uma porta no Jardim Botânico para fazer edição de imagens nas Olimpíadas de Los Angeles.
Agradeço à vida, que me deu tanto.
E agradeço a Deus, que me sustenta e ampara aonde eu for.
Com carinho,
Carla Vilhena”

Fonte: Tvfoco