Para  tratar de questões da Educação e de outras demandas do local, o prefeito Flávio Baiôco conversou na tarde desta  terça-feira (13/03), com representantes do Assentamento Paulo Kageyama (antigo acampamento 25), situado às margens da BR 101.

 Com Preto e outros líderes do MST, o prefeito encaminhou  providências para sanar a falta de professores na Escola Estrela do Che, com 6 salas de aula, que abriga 150 alunos naquele assentamento.

Fonte/foto: PME