Foto: OAB/Eunápolis
A ONU - Organização das Nações Unidas institui a data do dia 21 de março, como o dia simbólico de luta pela eliminação da Discriminação Racial, bem como também resgata a lembrança dos ideais de homens/mulheres e crianças que morreram no “massacre de Sharpeville” ocorrido em Joanesburgo, na África do Sul, durante o regime Apartheid, por simplesmente buscarem uma sociedade igualitária sem discriminação racial.

Nesse cenário, e em apoio ao fim da discriminação racial, vários países do mundo passaram a combater o racismo, denunciando diariamente a prática do racismo, contendo inclusive com a garra e determinação do mais importante líder da África do Sul e Advogado Nelson Mandela, que travou uma batalha contra o sistema de apartheid no país. 

Nesse ideal de justiça e de igualdade racial, a OAB/Eunápolis reafirma o compromisso institucional em defender os princípios constitucionais que vedam a discriminação de raça, cor, opção sexua, origem étnica, religião, assegurando a necessidade pela defesa da promoção da igualdade, destacando a importância do combate à discriminação racial e de que toda pessoa tem direito a liberdade sem distinção de qualquer espécie ou condição.

Fonte: Ascom/OAB