Luciano Huck desistiu de candidatura política (Imagem: Divulgação / Globo)
Para Luciano Huck, não faltaram aconselhamentos e apoios para que ele se tornasse um dos candidatos à presidência da República nas eleições deste ano. Porém, nem a palavra de Silvio Santos o convenceu totalmente.
De acordo com informações do jornal “O Estado de S. Paulo”, o dono do SBT, em uma conversa com o global antes de sua decisão, foi bem claro: “Existe um milhão de apresentadores, mas presidente só tem um”.
Ao que tudo indica, pesou para Huck a pressão que a Globo fez quanto à sua definição. Ainda que ele não tenha confirmado nada, o apresentador publicou dois artigos de desistência. O último, em fevereiro, foi o definitivo.
Cabe lembrar que o conselheiro tentou, em 1989, candidatar-se ao cargo mais alto da política brasileira. Líder nas pesquisas, SS teve candidatura impugnada após o PRN, partido de Fernando Collor, campeão do pleito na época, ter alegado que o PMB, partido de Silvio, não havia feito o mínimo de convenções exigido pela legislação eleitoral.
Fonte: RD1