Marielle Franco foi a quinta vereadora mais votada do Rio (Foto: Reprodução Facebook Oficial)

vereadora Marielle Franco foi morta a tiros dentro de um carro na Rua Joaquim Palhares, Região Central do Rio, na noite desta quarta-feira (14).

 Além dela, o motorista do veículo também morreu. Uma outra passageira, a assessora Fernanda Chaves, que trabalha no gabinete da vereadora, sobreviveu. Fernanda foi atingida por estilhaços e levada para o Hospital Souza Aguiar. Segundo a GloboNews, fontes da polícia dizem que todos os indícios, até o momento, indicam que o crime não se trata de um assalto.


Carro em que Marielle estava quando foi baleada (Foto: Divulgação)

Segundo as primeiras informações da PM, bandidos em um carro emparelharam ao lado do veículo onde estava a vereadora e dispararam. Eles fugiram sem levar nada.


 Marielle havia participado no início da noite de um evento chamado "Jovens Negras Movendo as Estruturas", na Rua dos Inválidos, na Lapa. O caso já está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

Fonte: G1