Com o objetivo de convidar a sociedade a também assumir responsabilidades com a proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes, a Prefeitura de Eunápolis, por meio da Secretaria de Assistência Social, está realizando o Projeto Faça Bonito com uma série de intervenções para prevenir violações, alertar a sociedade civil e orientar crianças e adolescentes sobre o abuso e a exploração sexual.                                                                    

Desta forma, desde fevereiro, a equipe do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) vem realizando mobilizações através de caminhada, panfletagem, palestras e círculo de diálogo em ONG’s, creches, escolas, instituições e igrejas chamando a atenção para a importância do engajamento de toda a população nesta luta.
Foto: PME

  18 de Maio - Lembrado como “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, o 18 de maio marca a luta pelos direitos infanto-juvenis no território brasileiro, convidando todos os cidadãos a abraçarem esta importante luta e denunciarem casos de violação dos direitos das crianças. Em Eunápolis, nesta sexta-feira, 18/05, o CREAS realizará uma entrevista na rádio Ativa FM, no programa Rádio Show com o locutor Paulo Henrique, onde convidarão a população a participar desta luta e explanarão sobre as ações realizadas e procedimentos para denúncias.

Como denunciar - Qualquer suspeita de violência pode ser denunciada através do Disque 100. A ligação é gratuita e anônima. Em Eunápolis a denúncia pode ser realizada também no Conselho Tutelar através do telefone 3281-6813, na Secretaria de Assistência Social através do telefone 3261-5525 ou no CREAS localizado na Rua Antônio Soares, nº245, Bairro Centauro. Para casos emergenciais, a recomendação é ligar para o 190 e falar diretamente com a polícia, que também aciona o Conselho Tutelar.


 "A recomendação do prefeito Robério é que os direitos das nossas crianças sejam garantidos, e para isso intensificamos nesse mês de maio as ações de enfrentamento a violência sexual e esperamos contar com a participação de toda a população eunapolitana nessa importante luta. Pedimos a todos que caso tenham conhecimento de algum caso de exploração de crianças, denuncie", concluiu a secretária de Assistência Social, Margot Kunzendorff.