A Secretaria de Educação informa que, em vistoria regular às escolas municipais, o engenheiro Bruno Biolchi e o Superintendente de Serviços Públicos Tito Fonseca, detectaram grave problema na estrutura da cobertura do CEMEI I, que se encontrava em prédio alugado na Avenida Demétrio Couto - Centro da cidade.

nCientes do perigo eminente às crianças e servidores, a equipe de Infraestrutura convocou uma reunião urgente com a secretária de Educação, Maureen Lacerda e a diretora do CEMEI I Agenuza Caribé, informando-as da situação.
Primando pela segurança e bem-estar das crianças e servidores, ficou acordado a interdição do prédio do CEMEI I, tendo a autorização do prefeito Robério Oliveira para a busca imediata de um espaço nas imediações, que teve início ainda na sexta-feira, 18/05, com a presença da diretora da unidade de ensino.

 Buscando um espaço que atenda às necessidades dos alunos e respeite as normas determinadas pelo MEC para o ensino infantil, a gestão não está medindo esforços para solucionar este impasse e alugar, com grande urgência, um novo local para instalar os alunos do CEMEI I.

 Prezando pela transparência das ações, a secretária de Educação solicitou à diretora da unidade, que ainda nesta segunda-feira, 21/05, marque uma reunião com os pais dos alunos, quando toda a equipe de Infraestrutura se fará presente para esclarecer a situação.

 Destaca-se que os dias letivos não executados devido ao intervalo de busca do novo prédio serão compensados, evitando assim prejuízos ao calendário escolar da unidade.
Informamos ainda que os processos para conclusão da obra da sede definitiva do CEMEI I, ao lado da Prefeitura Municipal, já estão tramitando, e que dentro de alguns meses a unidade escolar estará em sede própria, solucionando definitivamente todos os impasses estruturais.