Foto: Reprodução
Olá meus fofoqueiros e minhas fofoqueiras de plantão, as eleições 2018 estão pegando fogo. O PCdoB retirou a candidatura de Manuela D’Ávila, decidida em convenção na última quarta-feira (1°), e fecharam coligação para apoiar uma candidatura do PT ao Palácio do Planalto, com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

 Pelo anúncio conjunto dos dois partidos, no final da noite do último domingo(5), Manuela será candidata a vice-presidente na chapa petista, apesar do registrado junto à Justiça Eleitoral no primeiro momento ser o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, do próprio PT. A justificativa oficial é que Haddad foi escolhido para ser o “representante” de Lula e que, quando a situação do ex-presidente estiver juridicamente “regularizada”, ele dará lugar para a deputada gaúcha. A expectativa é que com o ex-presidente não conseguindo obter uma liberação da Justiça para concorrer, Haddad assuma a cabeça de chapa e a comunista ocupe o seu prometido lugar de vice

Com  Informações do Bahia Notícias