Uma série de ações de fiscalização e organização dos ambulantes da Orla Norte iniciou na manhã de quinta-feira, 30 e se estendeu até sábado, 1º de setembro, pela Prefeitura de Porto Seguro, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Serviços Públicos, em parceira com o Sindicato dos Vendedores Ambulantes e Feirantes de Porto Seguro, Santa Cruz Cabrália e Eunápolis (SINDIVENDA).

 A equipe da Superintendência de Concessões, Guarda Municipal e o Sindicato dos Ambulantes foram mobilizados, com concentração em um estande, montado na praia de Taperapuãn, prestando serviço de orientação e atualização de cadastros. O superintendente de Concessões, Josedam Nicácio, conta que a reação dos ambulantes foi positiva. "Os trabalhadores gostaram de irmos até eles para dar este suporte, tirando dúvidas e orientando para a regularização cadastral", disse o superintendente, citando que a ação também tem o objetivo de notificar e coibir trabalhos clandestinos, assegurando aos 578 ambulantes regularizados o direito de trabalhar nas praias.


 Identidade visual e profissionalismo

 Neste primeiro momento foram distribuídas camisas caracterizadas com a profissão aos trabalhadores ambulantes a fim de se criar uma identidade visual. Após a verificação de seus cadastros junto à Superintendência de Concessões, também foram feitas atualizações de dados cadastrais com a instrução dos fiscais e conscientização sobre a importância de estar quite com os tributos municipais. "A intenção é ao longo dos próximos três meses atualizar os dados de todos os ambulantes já cadastrados e melhorar a qualidade da prestação de serviços por meio de orientações técnicas", explica o secretário da pasta, Fábio Costa.


 Valorização da classe

 "A iniciativa visa a valorização do ambulante e melhoria na qualidade dos serviços a fim de que haja maior satisfação dos clientes e ao mesmo tempo, maior lucratividade deste tipo de negócio", frisa a prefeita, Cláudia Oliveira, considerando este trabalho como importante fonte de renda para muitas famílias, bem como, compõem a cultura praiana municipal de Porto Seguro levando artesanato, bebidas locais e comidas típicas a quem desfruta das praias da cidade.

 Em seguida, este trabalho será feito na Orla Sul, promovendo ordenamento da região costeira. Os ambulantes que não estiverem devidamente regularizados podem comparecer à sede da Secretaria de Trânsito e Serviços Públicos, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, para colocar em dia as informações sobre seus negócios.

Secretaria de Trânsito e Serviços Públicos
Ascom – Prefeitura de Porto Seguro