Lua de Sangue será visível hoje em todo Brasil, vejam imagem neste momento em Eunápolis - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

domingo, 20 de janeiro de 2019

Lua de Sangue será visível hoje em todo Brasil, vejam imagem neste momento em Eunápolis

Imagem capturada pelo fotografo O RASTA


 Olá meus fofoqueiros e minhas fofoqueiras de plantão, hoje tem o Eclipse com 'lua de sangue' e poderá ser visto em todo Brasil.

  O fotografo capturou pela sua Lente do "O Rasta" imagem de pura perfeição da Lua neste começo de noite e claro eu não poderia deixar de compartilhar com vocês.


Afinal de contas na madrugada desta segunda-feira (21), o eclipse com "Lua de Sangue" será visível em todo o Brasil, além das Américas e Noroeste europeu e africano. A previsão é de que o fenômeno tenha duração de 3h17, com início às 01h33, conforme o coordenador do Gedal (Grupo de Estudo e Divulgação de Astronomia de Londrina), Miguel Fernandes Moreno. "O eclipse será totalmente visível para nós. Se o tempo estiver bom, será um belíssimo espetáculo", afirma.

Lua de Sangue 

Sobre a denominação "Lua de Sangue", Miguel Fernandes explica que deram esse nome porque durante a fase da totalidade do eclipse lunar, ela fica com uma coloração avermelhada. "Teoricamente, durante a fase total do eclipse, a Lua deveria 'desaparecer' do céu, porque a Terra estaria bloqueando todos os raios solares que iriam em direção a nosso satélite. Porém, a atmosfera terrestre acaba 'desviando' uma parcela dos raios solares que passam bem ' rasantes' na atmosfera. E quanto maior o comprimento de onda da luz, maior é esse desvio. Assim, a Lua acaba recebendo a luz avermelhada", ressalta. 

Conforme Fernandes, de acordo com a composição atmosférica no instante e local nos quais os raios solares cruzam a nossa atmosfera, a Lua fica com um aspecto diferente, podendo ficar em determinados eclipses com um tom mais avermelhado, acobreado, entre outros", diz. "A 'Lua de Sangue' identifica a fase total do eclipse lunar", reforça. "Os eclipses da Lua sempre e somente ocorrem na Lua Cheia", acrescenta. 

Superlua 

Você também já deve ter ouvido falar no termo "superlua". De acordo com o coordenador do Gedal, a "superlua" ocorre quando a Lua Cheia coincide com o "perigeu" da Lua. "Ou seja, o momento em que ela está mais próxima da Terra", afirma. "A órbita da Lua ao redor da Terra (assim como dos planetas ao redor do Sol) é elíptica, de modo que em determinados momentos a Lua fica mais perto da Terra, que é o 'peri-geo' e, em outros, fica mais distante da Terra, que é o 'apo-geo'. Então, se a Lua Cheia coincide com o perigeu, temos uma 'superlua'. Mas é um nome que não gostamos de usar porque passa a impressão de que a Lua vai ficar bem grandona no céu. No entanto, a aparência só é perceptível a alguém experiente. Os poetas e observadores esporádicos não notarão qualquer diferença", ressalta.  


Fonte: bonde