Peça teatral mobiliza a sociedade no dia da não violência - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Peça teatral mobiliza a sociedade no dia da não violência


 O Dia Internacional da Não Violência, celebrado nesta quarta-feira, 30/01, foi marcado por mobilização teatral em Porto Seguro. O evento, coordenado pela Secretaria de Saúde, em atividade integrada a Vigilância em Saúde, contando com a parceria do CRAM, ocorreu  na balsa. Para alertar adultos, crianças e adolescentes quanto aos tipos de práticas agressivas, foram montadas apresentações que impactaram o público presente.

 Separadas por temas, como racismo, agressão contra animais, intolerância social, as atuações protagonizadas por agentes de combate às endemias destacaram-se pela autenticidade de situações que acontecem diariamente, gerando conflitos, responsáveis pelos elevados índices de violência na sociedade, nos mais diferentes segmentos. O objetivo da ação foi promover o alerta e a reflexão de turistas e moradores, sobre o papel que cada cidadão precisa adotar enquanto incentivador da consciência, para que a cultura do respeito e da paz prevaleça entre as pessoas.

 "Nosso intuito é chamar atenção da sociedade, como um todo, para combater massivamente as práticas abusivas que configurem violência aos direitos humanos. Estamos aqui, na condição de profissionais de saúde e cidadãos, enfatizando que o respeito ao próximos e a vida são fundamentais, para que possamos viver coletivamente de modo pacificador e harmonioso", esclarece a gerente DANT(doenças e agravo não transmissíveis) e saúde do trabalhador, Rosana Santana.
Participação popular
Sem saber que tratava-se de uma peça, desenvolvida em três cenas, as discussões  literalmente surpreenderam a todos ao provocar ânimos acirrados, revolta e indignação do público que testemunhou os episódios de "desrespeito e agressividade" entre supostas desconhecidas que utilizavam a balsa. Convencidos da veracidade das condutas violentas, homens e mulheres posicionaram-se em defesa das vítimas de cada enredo apresentado.

 Entre as indignadas, a turista Soraia Jardim, de Vitória da Conquista. Ela foi uma das que saiu em defesa contra a mulher que estaria maltratando um gato posto dentro do saco. "Fiquei tão chateada que não me contive, nesse quesito de violência é inadmissível ficar calado, tem que combater. Parabenizo a atuação das moças, foram totalmente convincentes. Trabalho excelente da secretaria de saúde em levar reflexão de casos reais, mas que devem deixar de acontecer", diz. 

Ascom-Prefeitura de Porto Seguro

Nenhum comentário:

Postar um comentário