Fábio Assunção vai parar em tribo indígena e faz uso de alucinógeno que pode até matar - Bastidores da política e do mundo da fama!

Notícias Recentes

quinta-feira, 7 de março de 2019

Fábio Assunção vai parar em tribo indígena e faz uso de alucinógeno que pode até matar

Fábio Assunção (Foto: ContilNet)
O ator Fábio Assunção passou o carnaval em uma tribo indígena, no Acre, onde buscou a cura para a dependência química em um retiro espiritual. Ele chegou sozinho na Aldeia Morada Nova, em Feijó, na quarta-feira, e se submeteu a um banho de ervas medicinais para limpeza do corpo.

Em seguida, ele fez passou por um tratamento com chá do ayahuasca, de acordo com o site local ContiNet. Nas imagens divulgadas, ele aparece com o cacique da aldeia, Carlos Brandão, que disparou: “Em nenhum momento ele demonstrou tristeza. Era só alegria, principalmente com as crianças”.

“É uma pessoa afável, amiga, humilde e de bom coração. Ele disse que queria conhecer a cultura da tribo”, afirmou ainda, deixando claro que o ator não falou nada sobre a sua dependência química e recebeu rapé (tabaco em forma de pó) no local, além do chá do ayahuasca, ou Santo Daime.

Fábio Assunção (Foto: ContilNet)

O local é conhecido como “refúgio de dependentes químicos” que buscam se tratar e o chá ayahuasca faz parte do tratamento. Ele é produzido com plantas amazônicas: o cipó jagube e o arbusto chacrona. Segundo informações da Veja, esse chá pode causar psicose e até matar.


O uso em cultos religiosos é permitido no Brasil pelo Conselho Nacional de Políticas sobre Droga (Conad), que impõe algumas regras para o consumo do chá. Pessoas com histórico de transtornos mentais ou sob efeito de bebidas alcoólicas ou outras substâncias psicoativas, por exemplo, são proibidas de ingerir a droga.
É ainda obrigatório que as seitas do Daime “exerçam rigoroso controle sobre o sistema de ingresso de novos adeptos”.
Fonte: Tvfoco

Nenhum comentário:

Postar um comentário