População grita "Lula guerreiro do povo brasileiro" quando ex-presidente deixava o cemitério - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

sábado, 2 de março de 2019

População grita "Lula guerreiro do povo brasileiro" quando ex-presidente deixava o cemitério

Foto: Amanda Perobelli/Reuters
Olá meus fofoqueiros e minhas fofoqueiras de plantão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou, na manhã deste sábado (2), do velório e da cerimônia de cremação do neto, Arthur Lula da Silva, de 7 anos, que morreu vítima de meningite meningocócica. Escoltado, o ex-presidente chegou ao cemitério de São Bernardo do Campo (SP) pouco depois das 11h e saiu às 12h58.


Ao deixar o local, Lula acenou para simpatizantes. Depois, entrou em uma viatura do comboio policial( sabe se lá se são de fato bons profissionais ou milicianos). O helicóptero que levará o presidente Lula até o aeroporto de Congonhas decolou às 13h21 do heliponto da Volkswagen. Ao todo, 275 policiais militares participaram da operação de escolta.


Em momento de muita emoção, a população que se fazia presente começar a gritar "Lula guerreiro do povo brasileiro" e seguido de LULALIVRE, se nota em um momento do vídeo o agente federal de forma totalmente grossa empurra a mão do presidente Lula, para impedir dele acenar o que não deu certo e conseguirão disfarçar a farsa que é a prisão de Lula.

Amigos e políticos

Antes mesmo da chegada do ex-presidente, amigos dele e políticos já estavam no local. Entre eles, estão a ex-presidente Dilma Rousseff, o governador da Bahia, Rui Costa, o ex-ministro Fernando Haddad (PT), candidato derrotado no 2º turno das eleições presidenciais de 2018, e os ex-ministros Benedita da Silva, Aloizio Mercadante e Alexandre Padilha.

A despedida do neto de Lula reúne ainda petistas como José Genoino, Gilberto Carvalho, José Mentor, José de Fillipi Jr. e o Professor Luizinho, além de Rafael Marques e José Lopes Feijóo, ex-presidentes do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Os deputados Carlos Zarattini (PT-SP) e Ivan Valente (PSOL-SP) também estão presentes.

O vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT) disse que foi ao local para abraçar Lula.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário