Morte de Clodovil Hernandes completa dez anos , vejam imagens exclusiva de sua mansão em Ubatuba - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

terça-feira, 16 de abril de 2019

Morte de Clodovil Hernandes completa dez anos , vejam imagens exclusiva de sua mansão em Ubatuba


 Olá minhas fofoqueiras de meus fofoqueiros de plantão, Clodovil Hernandes é uma das figuras mais icônicas da televisão e, apesar de ter falecido há dez anos, sua fortuna continua uma incógnita na Justiça.

 Nesta terça-feira (16), a morte de Clodovil Hernandes completou dez anos em março e seu patrimônio continua em disputa pela Justiça. O apresentador, estilista e deputado federal havia deixado tudo muito bem explicado em seu testamento sobre o destino do dinheiro, mas até hoje nada foi resolvido.

 De acordo com O Canal, sua herança seria investida em uma fundação que abrigaria a Casa Clô, para ajudar meninas necessitadas. Para isso, nomeava Maria Hebe Pereira de Queiroz como sua inventariante. O programa idealizado por Clodovil deveria ter o nome da sua mãe adotiva, a espanhola Isabel Sánchez.


Com todas as burocracia e por outras disputas judiciais, a casa nunca foi inaugurada. Logo após o empecilho outros personagens surgiram na história alegando ter direito a parte do dinheiro. Primeiro foi um ex-colaborador do famoso, que alegou ter uma união estável no passado com Clodovil por anos, portanto tinha direito à herança.
No ano de 2012, os móveis da mansão do apresentador e jóias foram vendidos para pagar dívidas e processos, já que ele era bastante polêmico, ácido e acumulava algumas inimizades. Três anos depois só sobraram R$ 3,7 milhões de sua riqueza.

Além do suposto ex-marido de Clodovil, a ex-vereadora de São Paulo Claudete Alves da Silva também esteve de olho na grana, já que havia sido ofendida pelo deputado federal e exigiu R$ 30 mil de indenização, sem falar de R$ 300 mil de dívidas com ex-funcionários.
Existia um boato da existência de um cofre eletrônico secreto escondido atrás de uma porta na sala de descanso do apartamento do ricaço e que não fazia parte dos bens catalogados até então. A revelação foi feita por uma diarista, no entanto, não se sabe o que existe nesse suposto cofre, cujo segredo foi para o túmulo junto do apresentador.
A mansão de Clô ficava em Ubatuba, no estado de São Paulo, e quando era conservada pelo estilista chegou a valer R$ 1,6 milhão, mas com a morte dele ficou totalmente deteriorada e foi arrematada por R$ 750 mil. Ela possui 20 suítes em sua instalações. Onde será que essa disputa vai parar?
Fonte: Tvfoco

Nenhum comentário:

Postar um comentário