Âncoras de PE e RS iniciam rodízio especial do “Jornal Nacional” - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

sábado, 31 de agosto de 2019

Âncoras de PE e RS iniciam rodízio especial do “Jornal Nacional”

Márcio Bonfim, de Pernambuco, e Cristina Ranzolin, de Rio Grande do Sul apresentarão o “Jornal Nacional” (Imagem: Divulgação / Globo)
Em comemoração ao seu aniversário de 50 anos, o “Jornal Nacional”inicia neste sábado (31) um rodízio de apresentadores nos finais de semana, recorrendo a jornalistas de 27 emissoras afiliadas da Globo, uma de cada estado no Brasil.
A primeira dupla a sentar-se à bancada do telejornal mais visto do país serão os âncoras Márcio Bonfim, da Globo Nordeste, de Pernambuco, e Cristina Ranzolin, da RBS TV, no Rio Grande do Sul. 
Apresentador do “NE1”, em Recife, Márcio celebrou o momento como um verdadeiro marco na sua carreira. “É um momento único e importante na minha carreira como jornalista. O ‘Jornal Nacional’ é referência para todo comunicador. Vir de Pernambuco para o Rio de Janeiro com essa missão me deixa honrado. Tenho 20 anos de profissão e estou tendo a chance de entender a dinâmica do principal noticiário do país”, declarou. 
Já Cristina, à frente do “Jornal do Almoço” na emissora gaúcha, falou da alegria para chegar. “Estou muito feliz. É uma honra poder trazer um pouco do sotaque gaúcho pra bancada do JN e participar das comemorações dos 50 anos do principal telejornal do país”, disse. 
Além do rodízio especial nas edições de sábado, o “JN” também preparou uma série de matérias que serão exibidas entre os dias 2 e 6 de setembro, abordando cinco temas diferentes que foram objeto de grandes matérias ao longo do último meio século.
Trechos do acervo, com os repórteres e apresentadores que deram voz às notícias, vão relembrar como a relação com o outro, a educação, as cidades, o trabalho e a saúde se transformaram, avançaram ou regrediram nesse período. 
O noticiário será ainda peça para um livro “Jornal Nacional: 50 Anos de Telejornalismo”, que traz as memórias de diversos profissionais. Com supervisão editorial do diretor-geral de Jornalismo da Globo, Ali Kamel, e da diretora de Projetos Especiais, Maria Thereza Pinheiro, os autores foram convidados a escrever da perspectiva das funções que exercem ou exerceram dentro do “JN”. 
O livro, lançado pela Globo Livros em parceria com o Memória Globo, traz temas como eleições, grandes coberturas esportivas e internacionais e a narração de tragédias que marcaram o Brasil e o mundo, assim como o dia a dia na redação do jornal.

Fonte: RD1

Nenhum comentário:

Postar um comentário