Bolsonaro usa William Bonner para divulgar fake news e é detonado na internet - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Bolsonaro usa William Bonner para divulgar fake news e é detonado na internet

O jornalista William Bonner ao lado de Jair Bolsonaro (Foto: Montagem)

 O jornalista William Bonner, um dos mais conceituados nomes do jornalismo nacional, sempre é bastante criterioso em suas palavras, seja no Jornal Nacional ou na vida pessoal. Na atração da Globo, é claro, o cuidado com elas é ainda maior, e qualquer descuido é devidamente retratado quando percebido. Acontece que o nome do jornalista foi usado por ninguém mais, ninguém menos que presidente Bolsonaro para o contrário.

É que o presidente, em mais uma polêmica, criticou a política de preservação ambiental da Noruega depois que o país resolveu suspender o fundo que era destinado para a Amazonia, a exemplo do que já fez a Alemanha. O vídeo de William Bonner falando sobre a suspensão do fundo foi parar no perfil de Bolsonaro.

No vídeo publicado pelo presidente, no entanto, aparece na sequência da fala de Bonner um vídeo com baleias sendo tiradas da água. “Em torno de 40% do Fundo Amazônico vai para as… ONGs, refúgio de muitos ambientalistas. Veja a matança das baleias patrocinada pela Noruega”, escreveu ele.
Só tem um problema: ao contrário do que disse Bolsonaro ao tentar desqualificar a decisão da Noruega de cancelar o fundo ambiental para o Brasil, o triste episódio não acontece por lá. A Agência Lupa, especializada em desmascarar publicações falsas nas redes sociais, escancarou a mentira contada por ele.
“[As fotos] foram registradas nas Ilhas Feroe, arquipélago no Atlântico Norte dependente da Dinamarca, em um festival anual chamado Grindadráp. Neste festival, habitantes locais encurralam baleias usando barcos e direcionam os animais para praias locais. Os cetáceos são abatidos pelos habitantes locais, a golpes de facão e outras armas”, diz a página sobre a fake espalhada pelos seguidores de Bolsonaro.
“Esse festival é alvo constante de protestos de Organizações Não-Governamentais (ONGs) ligadas ao meio ambiente. Em 2015, por exemplo, dois ativistas da Sea Shepherds Conservation Society foram presos tentando obstruir o caminho dos barcos”, diz ainda a Agência Lupa sobre o vídeo publicado por Bolsonaro.

Fonte: Tvfoco

Nenhum comentário:

Postar um comentário