Merval Pereira rebate Bolsonaro e diz que presidente propaga fake news - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Merval Pereira rebate Bolsonaro e diz que presidente propaga fake news


 O jornalista Merval Pereira, um dos porta-vozes do Grupo Globo, rebateu em sua coluna no jornal O Globo, no domingo (25), o presidente Jair Bolsonaro, que o acusou, no dia anterior, em seu perfil no Twitter, de ter recebido R$ 375 mil para fazer uma palestra contratada pelo Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) do Rio de Janeiro.

“Acabei de postar aí uma matéria sobre o Merval Pereira. Palestra por 375 mil reais, tá legal? Tá ok? 375 pau uma palestra no Senac, tá ok? Façam matéria agora. Se vocês não fizerem nenhuma matéria sobre isso amanhã no jornal eu não dou mais entrevista pra vocês, tá legal? Tá combinado? Toda a imprensa. Tá combinado? E tem mais nome também, eu só botei um nomezinho hoje. Não estou perseguindo ninguém. Agora, gastar dinheiro público pra palestras, aí é brincadeira. Fica escrevendo o tempo todo lá críticas, criticar mas mostrar que é uma pessoa isenta, né? Imprensa isenta. Se não fizerem matéria escrita amanhã nos jornais, não tem mais entrevista pra vocês aqui, tá legal?’”, disse o chefe de estado após reclamar sobre a cobrança por parte da imprensa pelo seu posicionamento pelas queimadas da Amazônia. 
Em sua defesa, o colunista chamou a denúncia do presidente de “fake news” e explicou que os R$ 375 mil que Bolsonaro se referia era sobre um pacote de 15 palestras que fez junto com outros jornalistas e economistas em um evento do Mapa Estratégico do Comércio, da Fecomércio do Rio, em março de 2016. 
“Na verdade, não recebi esse total, pois o programa foi interrompido, e acabei dando 13 palestras, que foram noticiadas nos jornais locais, em informes publicitários da Fecomércio do Rio, em sites, e filmadas”, afirmou. 
“As palestras eram abertas a representantes do comércio, da indústria, da educação, políticos locais, estudantes”, completou Merval, que garantiu ainda que as palestras tiveram emissão de notas fiscais, que foram declaradas em seu Imposto de Renda. 

Fonte: Rd1

Nenhum comentário:

Postar um comentário