Silas Malafaia declara falência, passado obscuro vem à tona e pedido de prisão é sentenciado - Fofoca no ar!

[Fechar]

Prefeitura-01

Notícias Recentes

segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Silas Malafaia declara falência, passado obscuro vem à tona e pedido de prisão é sentenciado

Felipe Neto e Silas Malafaia
O fenômeno no YouTube, Felipe Neto aproveitou o anúncio feito pelo pastor da Assembléia de Deus, Silas Malafaia, para trazer à tona uma polêmica do passado protagonizada pelos dois. Acontece que há uns anos, o pastor Silas Malafaia resolveu processar Felipe Neto por conta de um vídeo publicado no canal do youtuber que rebatia uma posição homofóbica do pastor.

Vamos entender o caso
No começo de 2017, o pastor decidiu promover um boicote contra a Disney por causa de um beijo gay exibido no desenho do canal infantil, Star vs. as Forças do Mal. Após o pastor “declarar guerra contra a Disney”, Felipe Neto decidiu não se calar e rebater a ação homofóbica e incabível de Malafaia.

Em resposta ao pastor homofóbico, Felipe Neto subiu um vídeo em seu canal intitulado de ‘DISNEY E O SILAS MALAFAIA [+13]’, e logo de cara já dá um bom ‘chega pra lá’ em Malafaia: “Você acha que o jeito certo de educar seu filho sobre a homossexualidade é fingindo que ela não existe?”, questionou o youtuber. “Não tem absolutamente nada de errado no desenho da Disney“.
No vídeo, Felipe Neto se ofereceu a fazer publicidade gratuita para todas as empresas ‘boicotadas’ pelo pastor. “Empresas de todo Brasil, quer ganhar publicidade gratuita no meu canal? Irrite Silas Malafaia”, pediu o youtuber. Nada feliz com o ‘ataque’, o pastor usou sua conta do Twitter para se manifestar e disse que daria a chance ao Youtuber na justiça para provar o que ele estava dizendo. Desde então, o processo rola judicialmente.
Quase dois anos e meio depois, o pastor vem sofrendo uma grande crise em sua empresa e, recentemente, chegou a pedir recuperação judicial. Em um vídeo postado na sua conta do Instagram, o pastor explica que atualmente vende 25% do que vendia em 2017 e se defende com relação ao pedido, alegando que é um instrumento legal para que as empresas paguem suas dívidas.
Ao ver a declaração do pastor, Felipe Neto resolveu trazer à tona o processo judicial que enfrenta contra o pastor. Em sua conta do Twitter, o youtuber contou a história inteira e disse que Silas Malafaia busca a condenação à prisão do youtuber, simplesmente por ele “ter acabado com seu esquema de boicotes à empresas que apoiam causas LGBT”. Em outra twitter, Felipe diz que o pastor chegou a chantageá-lo para que ele retirasse o vídeo do ar e pedisse desculpas publicamente: “Ele apareceu na audiência de conciliação, pomposo, dizendo que era só eu deletar o vídeo e pedir desculpas publicamente que ele removeria o processo”, revelou.
Em seguida, Felipe Neto afirmou que poderia ser processado por Silas Malafaia inúmeras vezes, mas que nunca iria se calar. Então o pastor ficou uma fera. “Ele achava q estava lidando com um menino do Youtube. Saiu de lá sabendo onde tinha semetido”, explicou o youtuber.
Em um dos últimos posts, Felipe Neto explica o porque de contar a história novamente: “Contei tudo isso pq acabei de saber q Silas Malafaia entrou com pedido de recuperação judicial em sua empresa, após declarar q não consegue vender nem 25% do q vendia em outros tempos. A justiça humana pode falhar, amigos. Mas a justiça do caráter, essa mtas vezes resolve”.
Confira a sequência de Twitters postada pelo youtuber:




Felipe Neto expõe briga judicial contra Silas Malafaia Foto: Reprodução



Fonte: Tvfoco

Nenhum comentário:

Postar um comentário