Gugu Liberato deixa pensão vitalícia para a mãe (Imagem: Reprodução / Record
Gugu Liberato, morto no dia 22 de novembro após um acidente doméstico em Orlando, nos EUA, deixou uma grande fortuna para a família e, em seu testamento, parte dela ficou destinado para a mãe, Maria do Céu, hoje com 90 anos.

Feito em 2011, o testamento do apresentador contemplou os três filhos, que ficaram com quase 90% do dinheiro, e o restante foi dividido entre os sobrinhos.
O documento registrado em cartório, todavia, tem a matriarca da família como uma das protegidas pelo comunicador.
Segundo informações da jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, Gugu determinou que a mãe receba uma renda vitalícia mensal de R$ 100 mil e que seja “reajustada anualmente pelo maior índice vigente”.
Além disso, ele definiu que a quantia seja “paga por todos os herdeiros consignados” no testamento, ou seja, os netos, “no quinhão cabente a cada um”. O famoso também deixou com a mãe o usufruto da casa em que ela mora, em Alphaville, em São Paulo.

Família de Gugu Liberato se manifesta após entrevista da viúva

A família de Gugu Liberato se mostrou surpresa com a entrevista dada pela viúva do apresentador, Rose Miriam Di Matteo, ao jornal Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira (20). A médica alegou que vai acionar a Justiça para ser reconhecida como herdeira da fortuna do comunicador.
Para a mãe do famoso, dona Maria do Céu, de 90 anos, e os irmãos Amandio Liberato e Aparecida Liberato, o que mais os deixou indignados foi o fato da entrevista ser feita menos de um mês após a morte do empresário.
Segundo a nota, ninguém sabia que Rose Miriam estava no Brasil. Para a família Liberato, ela estava em Orlando, ao lado dos três filhos, na casa onde o acidente aconteceu. João Augusto, de 18 anos, Marina e Sofia, de 15 anos, estão sozinhos, sem a mãe ou qualquer parente.
É inadmissível, segundo eles, o fato dos três filhos estarem nos EUA sem a mãe ou qualquer parente, “principalmente num momento como este quando, segundo a própria Rose Miriam declarou ‘as crianças estão muito abaladas porque eles viram o pai morrendo no chão. Foi trágico'”.
Fonte: RD1