Repórter da Globo é hostilizada e impedida de gravar na rua

Andréa Silva, da afiliada da Globo na Bahia, foi hostilizada por homem em rua (Imagem: Reprodução/ Twitter)

 Mais uma jornalista da Globo foi hostilizada enquanto gravava matéria na rua. Desta vez, Andréa Silva, da TV Bahia, foi quem passou por uma situação em que acabou impedida de trabalhar, em Salvador.
Em um vídeo que circula nas redes sociais, um homem “acusa” a repórter de estar trabalhando “normal” durante a pandemia do novo Coronavírus, motivo que levou milhares de pessoas ao isolamento social.
“Está trabalhando normal, recebendo o seu salário normal e a emissora quer que o país pare, não é? Você não está recebendo seu salário normal? E o povo não pode trabalhar, né?”, questionou o homem, não identificado, enquanto Andréa Silva fica visivelmente constrangida e deixa o local.
“Lá na sua casa deve ser muito confortável ficar dentro de casa, agora o povo está passando fome, quer que eu te leve ali? Na casa onde as pessoas estão passando necessidade?”, afirmou o rapaz, que seguiu filmando e correndo atrás da repórter da Globo.
Cabe lembrar Jair Bolsonaro (sem partido) definiu, em decreto, como essenciais as atividades e os serviços da imprensa como medida de enfrentamento a proliferação de Covid-19.

Fonte: RD1
Share on Google Plus

About Pablo Falante

0 Post a Comment:

Postar um comentário