O influencer Felipe Neto revelou aos seguidores do Twitter, na tarde deste sábado (23), que está sendo processado pelo Ministro da Educação Abraham Weintraub. O integrante do governo Jair Bolsonaro acabou virando alvo de deboche na web por reagir, buscando a Justiça, às críticas de Felipe.
Acabei de descobrir que o Weintraub me processou, pedindo indenização e direito de resposta… Por eu tê-lo chamado de imbecil e ter dito que ele não sabe escrever. O homem que diz que ‘os vagabundos do STF’ têm que ser presos, me processou”, escreveu Felipe Neto, reproduzindo os autos do processo.
Alvo de polêmica recente por conta da reunião ministerial em que ofende os ministros do Supremo Tribunal Federal, Abraham Weintraub alega na ação contra Felipe que “no caso em análise facilmente se ‘constada’ que o Réu extrapolou o direito à crítica. Pergunta-se, qual a necessidade de chamar o Autor de imbecil? Dizer que o Autor não sabe escrever?”.
Felipe também revidou as críticas que o Ministro da Educação costuma fazer a quem se incomoda, ou se ofende, com comentários disparados por ele e outros aliados de Bolsonaro. “Ora bolas @AbrahamWeint, você, como Ministro da Educação, cansou de dizer que a esquerda ‘é do mimimi’ e ‘aceita a crítica, floquinho de neve’…”, ironizou.
Mas aí entra com processo pedindo 5 mil reais e direito de resposta pq eu falei q vc não sabe escrever? Poxa, floquinho de neve…”, concluiu o influencer, que recebeu o apoio dos seguidores. Os tweets acumularam 54,2 e 39,1 mil curtidas, até a última consulta. 

Fonte: RD1