Danilo Gentili à frente do The Noite desta quinta-feira (29); atração garantiu vice-liderança para o SBT, cada vez mais distante de tal posto (Imagem: Reprodução / SBT)

Enquanto a Globo segue quase inatingível na liderança de 
audiência e a Record desfruta do êxito de A Fazenda 2020, o SBT padece… Dados referentes a Grande São Paulo mostram que o canal de Silvio Santos tem suado para manter a vice até de atrações antes inabaláveis, como Roda a Roda Jequiti, Chiquititas (2013), Cúmplices de um Resgate (2015) e A Praça é Nossa.

Nesta quinta-feira (29), apenas seis programas dentre 15 chegaram ao segundo lugar. Foram estes: Primeiro Impacto com Dudu Camargo e Marcão do Povo, por ligeira vantagem nos décimos (4,1 x 3,8); Bom Dia & Cia, na mesma situação (6,1 x 5,8); Triturando de Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez e Gabriel Cartolano (4,9 x 4,4); Casos de Família com Christina Rocha (5,4 x 4,1); The Noite de Danilo Gentili (4,6 x 1,9); e Operação Mesquita (3 x 1,3).

Atrás de Globo e Record, ficaram as novelas mexicanas O Que a Vida me Roubou (6,6) e Quando me Apaixono (6,5), SBT Brasil com Marcelo Torres e Márcia Dantas (5,8), Roda a Roda de Rebeca Abravanel (7,4), Cupom Premiado do Baú (8,2), as reapresentações das brasileiras Chiquititas (7,6) e Cúmplices de um Resgate (6,8), Programa do Ratinho (5,2) e A Praça é Nossa (6,1).

Os resultados aquém das expectativas estão colocando o SBT bem atrás da Record na média-dia. Ontem, enquanto a emissora de Edir Macedo acumulou 7,3 pontos entre 7h e 0h, o principal concorrente anotou 5,9 de média – 1,4 ponto de vantagem. Evidente que A Fazenda 2020 eleva boa parte das atrações que a antecede; a crise no SBT, porém, indica desacertos de grade tão graves quanto às atividades da concorrência.

Fonte: RD1