Carlinhos Maia fala que não se arrepende de festa na pandemia (Imagem: Reprodução/ Record)

Quase dois meses após ter sido criticado por festa com famosos em plena pandemia do novo coronavírusCarlinhos Maia revelou que não se arrepende. Na ocasião, em dezembro passado, ele promoveu o Natal da Vila, enquanto o Brasil estava com alta de casos de covid-19.

O influenciador justificou a atitude no Hora do Faro, da Record, neste domingo (14), e disse que viu as eleições municipais “aglomeradas pelas tampas”.

“Por que não me arrependo? Porque a gente estava num momento em que havia eleições aglomeradas pelas ‘tampas’. Eu nunca tinha visto tanta gente junta. Parecia micareta”, iniciou ele.

“Eu vi aquela aglomeração toda para eleger esses canalhas e disse: ‘a minha vila já não teve Natal ano passado, é um povo pobre que precisa dessa visibilidade para continuar crescendo'”, comentou o famoso.

Ele então citou as aglomerações nas ruas e em festas clandestinas e continuou: “Já que as pessoas não vão deixar de ir para as ruas, vamos fazer uma coisa dentro da lei mesmo”.

Fonte: RD1