Prefeita os agressores ficarão impunes após as agressões contra a radialista e jornalista Alinne Werneck


          O braços está imobilizado e ao lado o Raio-x 

Olá meus fofoqueiros e minhas fofoqueiras de plantão, vamos a fofoca do dia. É o seguinte, a jornalista e radialista Alinne Werneck sofreu várias agressões verbais e chegando até seu microfone ficou  destruído (por que falar danificado seria muito educado).


 Tudo isso aconteceu quinta-feira (05) durante a sessão da Câmara dos Vereadores de Eunápolis na Bahia, onde supostos funcionários públicos para sermos mais específicos lotados na secretaria da casa civil onde o secretário é o marido da prefeita e que inclusive  ficou inelegível por ter deixado vários professores sem receber no ano de 2000 e centenas de cheques sem fundos pela cidade. A jornalista estava ali fazendo a cobertura da polêmica sobre o aumento do professores e quando começam soltar palavras como vagabunda, put… e tantos outros nomes baixos.


Alinne procurou a polícia e lembrando fraturaram sua mão que está imobilizada.

Estão aí o Elias Rufino e o Cartucho 

        

Chegamos a esse nível onde saímos de nossas casas sem saber se voltaremos vivos ou mortos, precisamos urgente que as autoridade tomem alguma atitude e até agora a prefeita nada disse. As pessoas seguem aí livres e nem exoneradas foram.





A prefeita de Eunápolis Cordélia Torres, não se compadeceu da dor de uma mulher ser xingada e agredida na frente de mais de 200 pessoas e milhares de câmeras filmando.


Infelizmente, parece que falta amor no coração de quem disse um dia que sua gestão seria humanizada.


A nossa querida colega de trabalho ali minha solidadariedade e esteja agora para falar o que você quiser, o que espaço agora é seu.


FALA DE ALLINNE


Bom dia Pablo Falante, nosso radialista sem corte e sem mentiras. Primeiro agradeço por suas palavras, principalmente pela pessoa que você é, justo, militante, e principalmente moral.

Foi horrível ver dois homens me cercando para me agredir, destruíram meu equipamento, me humilharam de forma covarde e imoral, e se não fossem contidos pelos professores a coisa teria sido muito pior. A prefeita sequer teceu uma nota repudiando o fato, logo ela, mulher, mãe, filha, avó,  tia.... mas, hoje vejo que aquela conversa de humanização era teatro para enganar o povo. 

Obrigada Alinne mesmo ainda arrasa com tudo conseguiu tirar um tempo pra falar comigo. E prefeita acorda e vamos pune os agressões e no mínimo pedir desculpa a profissional. 

Força Alinne estamos com você! 

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.