Que tal dançar no arraiá dos fios queimados? Vexame: Vila do Forró no bairro Centauro é marcada por explosões, curto circuito e muita escuridão

Foto do momento do fogo no poste 

Olá meus fofoqueiros e minhas fofoqueiras de plantão, o PROGRAMA VOZ ATIVA na Ativa FM 92,7 trouxe mais uma trabalho mal feito por parte da gestão de Eunápolis na Bahia.

 Que tal dançar no arraiá dos fios queimados? Vexame: Vila do Forró no bairro Centauro é marcada por explosões, curto circuito e muita escuridão

A falta de planejamento da prefeitura de Eunápolis fez com que o arraiá que foi realizado no bairro Centauro, não passasse de um tremendo ridículo. O evento precisou ser encerrado antes do tempo, devido a um transtorno que qualquer bom produtor de eventos teria evitado, apenas realizando um planejamento prévio no local.



Por volta da meia noite, estouros e estampidos foram ouvidos em diversas ruas do bairro Centauro. A população que não estava presente no evento, acreditou que fossem rojões ou bombas típicas do São João, mas, para a surpresa de muitos, os postes começaram a pegar fogo e geradores explodiram no local. Houve tumulto e gritaria.

Em poucos minutos, as redes sociais foram tomadas por vídeos inusitados dos foliões, na mais profunda escuridão. Além disso, alguns barraqueiros relataram que pequenos furtos foram registrados no local e pessoas se perderam uma das outras. Obviamente que o imprevisto pode ser acometido a todos, mas, existem erros que são tão primários e amadores, que é impossível acreditar que uma gestão - há quase dois anos no poder -, conseguiram tal proeza.

É notório que a gestão de Eunápolis está tão desesperada para aumentar - nem que seja um pouco a sua popularidade, que está apelando para festejos e eventos públicos. No entanto, até mesmo as festas que eles se dispõem a fazer, está repleta de gafes e situações desastrosas.





Fonte: Leitura do Dia com Alinne Werneck 

=====

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.