BARRAQUEIROS E VENDEDORES AMBULANTES PROTESTAM: Um lucro de 50 milhões de reais, só se for no bolso de quem anunciou, pois nós, ambulantes estamos com prejuízos absurdos


Os festejos juninos, bem como o São João se encontra com o Pedrão parece não ter sido suficientes para gerar lucro para os trabalhadores informais. Muitos relatam através das redes sociais, que estão com um prejuízo estratosférico após milhares de produtos tais como: Cervejas, Vodka, Agua, Refrigerante e afins, não terem sido comercializados como deveria.


Alguns atrelam isto a posição dos dois palcos do festejo, que sendo um do lado do outro, não gerou um fluxo de gente para o inicio do circuito, como era feito na gestão passada, os vendedores tratam como um despreparo e imperícia em realização de festejos desta magnitude, o fato de que os organizadores não se atentaram ao pouco fluxo no inicio do circuito, uma vez que as atenções estavam voltadas para a frente do espetáculo.


Já outros vendedores se queixam do número de foliões que portavam coolers ou isopores com sua própria cerveja, refrigerante e água, não tendo a menor necessidade de adquirir junto aos ambulantes. Além disto, a violência exacerbada durante o festejo foi outro fato preocupante, pois o numero de furtos e assaltos foi colossal.


Os vendedores por conta própria confidenciaram ao VOZ ATIVA que este papo de 50 milhões de reais de aquecimento no comercio é conversa para inglês ver. Até os camarotes estavam com valores exorbitantes, quase 40% acima do valor cobrados nas barracas de praia mais caras de Trancoso e região.


 Realizar uma festa como o Pedrão, idealizada pelo ex prefeito visionário Robério Oliveira pode até ser o sonho de alguns políticos que passaram a vida na penumbra, mas, o simples poder e autonomia para realizar não tem nada a ver com COMPETENCIA para se atentar a cada detalhe.


A ausência da prefeita como anfitriã da festa, nem mesmo subindo no palco foi outro fator que causou estranheza, muitos acreditam que a ausência da gestora pode ter sido por medo de sonoras vaias e palavras de repudio, uma vez que o Pedrão não conferiu a gestora a aceitação popular que ela vislumbrou. Que mandato melancólico!


Fonte: Leitura do Dia

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.