BOMBA: vigilantes e seguranças denunciam calote da Prefeitura de Eunápolis e prometem acionar a Justiça; segundo eles, “não há sequer previsão de pagamento do trabalho realizado no Pedrão”

 


Olá pessoal! A bomba de hoje é sobre o calote que os vigilantes tomaram no Pedrão. 

 Cinco vigilantes da Prefeitura de Eunápolis entraram em contato ao longo desta semana com o Programa Voz Ativa, para fazer uma grave denúncia contra a gestão da prefeita Cordélia Torres.  O funcionalismo não estaria recebendo o valor que foi acordado para aqueles que trabalharam na festa do Pedrão. Um vigilante relatou que quando foi questionar seu chefe sobre quando seria efetivado o pagamento, foi sendo destratado e sendo motivo de chacotas.

Uma das servidoras, que é concursada, diz que sempre trabalhou na festa do Pedrão e isto nunca aconteceu, e que o ex-prefeito Robério Oliveira, inclusive priorizava pagar os servidores que atuaram na festa, mas, com esta gestão, só se ouve promessas vazias, chacotas, e isto quando não há ameaça ou coação. A funcionária, que temendo represálias ou perseguições prefere não ser identificada, denuncia ainda que foi recebida de forma irônica e desrespeitosa por correligionários da gestora. 

“Você se dê por satisfeita porque está recebendo seu salário em dia. Coloque seu nome nesta ficha e entre na fila. Talvez um dia você receba”, teria falado em tom irônico, um servidor público. Outro servidor municipal, que também está sem receber, diz que já foi várias vezes na secretaria tentar resolver o seu problema, mas reclama das dificuldades que são criadas. 

“A coisa mais difícil do mundo é conseguir falar com o secretário ou com alguém que possa falar em nome dele. E quando conseguimos isto, sempre recebemos declarações desencorajadoras, mostrando que a atual administração municipal não está muito interessada em resolver o problema”. A reportagem tentou entrar em contato com os responsáveis pela pasta, mas segundo informações, eles estavam em reunião.


Em entrevista ao repórter Pablo Falante o segurança Junivaldo Alves morador da Vila Olímpica fala: Não recebi nada das cinco noites e eu preciso pagar pensão alimentícia do meu filho. Segundo falam que a prefeita ainda não pagou a empresa. Lamentável isso, finalizou o Junilvaldo.


 Fonte: Leitura do Dia com Alinne Werneck

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.