Governo Bolsonaro paga milhões e compra terceira novela da Record; valor supera Os Dez Mandamentos

 


O governo de Jair Bolsonaro (PL) não tem poupado esforços para alavancar a audiência da TV Brasil – estatal que o presidente já desejou extinguir. A novidade da vez é que a EBC decidiu desembolsar mais um valor bem alto por uma novela da Record.

 O canal estatal bateu o martelo e decidiu que A Terra Prometida (2016) será exibido após Escrava Isaura. Este será o segundo folhetim bíblico que a empresa vai levar ao ar na faixa das 20h30.

 O que chama a atenção é que o governo assinou contrato para pagar o valor de R$ 3.953.616,79 pela trama da Record. A quantia que será transferida novamente para a Record é mais alta do que havia sido feita pelo fenômeno Os Dez Mandamentos (3,2 milhões).

Já para Escrava Isaura, também da emissora de Edir Macedo – aliado do presidente Bolsonaro -, a EBC desembolsou o valor de R$ 1.868.522,39, em janeiro passado.

Mesmo pagando o valor alto, a Empresa Brasil de Comunicação aceitou assinar um contrato sem exclusividade pelo direito de exibição de Terra Prometida, escrita por Renato Modesto, até 10 de julho de 2023.

O site  RD1 confirmou com a TV Brasil que Escrava Isaura sairá de cena no próximo dia 25 de julho. A partir do dia 26, então, o folhetim protagonizado por Sidney Sampaio começará a ser levado ao ar.

O canal público, que tem frequentemente conquistado a quinta posição no ranking da TV aberta, superando a RedeTV!, por exemplo, também tem exibido a novela Os Imigrantes. A trama de época foi um acerto do governo Bolsonaro com a Band, após o pagamento de R$ 1.957.000,00.


Fonte: RD1

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.