Miriam Leitão faz grave acusação contra Bolsonaro após reunião polêmica com embaixadores

Miriam Leitão disparou contra discurso polêmico de Bolsonaro (Imagens: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Miriam Leitão soltou o verbo contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) em programa da GloboNews, nesta semana. A comentarista criticou as declarações do político em reunião com embaixadores.

No Estúdio I, desta terça-feira (19), a jornalista ressaltou que, apesar de Bolsonaro já ter feito comentários do tipo envolvendo as eleições em live, desta vez a situação é “muito mais grave”.

“Ele fazia lives em que ele foi dizendo isso ao longo do tempo, mas agora ele concentrou e colocou tudo isso. Ele usou todo o aparato do estado. O Ministério das Relações Exteriores convocou os embaixadores, que não podem dizer não para o presidente. Eles precisam ir“, explicou a comentarista.

A contratada da Globo, então, ressaltou: “[Bolsonaro] chamou o corpo diplomático e, além disso, usou toda a estrutura de divulgação da presidência, num ato de campanha. Ele não fez apenas ataques, cometeu crimes. Ali são vários crimes de responsabilidade”.

Miriam Leitão logo salientou que existem alguns artigos nas leis do Brasil que falam sobre os motivos pelos quais um presidente da República pode sofrer o impeachment.

“A lei fala sobre quais os crimes podem levar ao impeachment, como o crime de responsabilidade, que é, por exemplo, ameaçar juízes e impedirem que eles façam o seu trabalho, incitar as forças armadas contra as instituições civis, estimularem as forças armadas a descumprirem a lei e ameaçar o exercício do poder Judiciário”, desabafou.

Fonte: RD1

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.