Ronda pela cidade com Pablo Falante: Assistência Social de Eunápolis está totalmente sucateada

 


Hoje chegamos à secretaria de Assistência Social de Eunápolis, que vive um terror real que a população está vivendo. Na gestão do ex-prefeito Robério Oliveira, o setor de Benefícios Eventuais entregava cerca de trezentas cestas básicas por mês, além de kits enxovais, passagens para pessoas que precisavam viajar e não tinham condições, carteirinhas para os idosos para que pudessem viajar de forma gratuita, enfim. Hoje, não temos mais nada do que era ofertado.

A ex-secretária de Assistência Social, a advogada Margot Kunzendorff, relata o que era ofertado: “No setor do Bolsa Família, era feito o recadastro com as condicionalidades exigidas pelo Ministério da Cidadania, para evitar o bloqueio, o que vem ocorrendo muito (beneficiados com o Bolsa Família bloqueado e a secretária não está conseguindo desbloquear).

Era feito mutirão para atualizar os dados dos beneficiários, o que evitava o bloqueio do Bolsa Família. Foi feito um convênio com o SENAI, ofertando cursos de capacitação de confeitaria e panificação dentro do Parque da Renovação. Muitas pessoas foram beneficiadas e receberam o certificado.

Foi realizado o projeto “Meu Fundo de Quintal”, onde a secretaria de Assistência Social, em parceria com a secretaria de Agricultura, viabilizou junto às famílias acompanhadas pelo CRAS, o plantio de hortas em vários lares eunapolitanos. Sem falar na boa interlocução e parceria que mantínhamos com o Ministério Público, Judiciário, Polícia Civil, Polícia Militar e Rodoviária Federal”, finalizou Margot. 
Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.