Testagem em postos de saúde de Eunápolis, para detecção da Covid-19 pode ser invalidada pela SESAB

 


O programa Voz Ativa na Ativa Fm 92,7mais uma vez recebeu uma grave denúncia envolvendo a saúde pública do município. Há fortes suspeitas de um "abafar" de casos de contaminação pela variante Ômicron, através da secretaria de saúde

VAMOS AOS FATOS: Desde o início da pandemia, foram disponibilizados alguns testes específicos para detectar a presença ou contágio retroativo pela COVID-19 ou Sars Cov2. A OMS (Organização Mundial da Saúde), orientou a todos os países que aderissem aos testes para ajudar na detecção e tratamento, logo no início da doença. No entanto, é válido ressaltar que apenas o teste SWAB, RT-PCR, deve ser utilizado como dado legitimo para alimentar as planilhas de controle dos estados e municípios.

(O teste RT-PCR, é o que consiste em introduzir um cotonete no nariz e na garganta do possível infectado e aguardar entre 4 e 5 dias o resultado, porém, se o paciente estiver com os sintomas, o adequado é que permaneça em isolamento).  No entanto, um profissional da medicina, que atua em determinado posto de saúde de Eunápolis, afirma que é inconcebível que município apresente o baixo número de casos de Covid-19 que tem exposto ao público, pois, as farmácias que comercializam e até mesmo testam o paciente, já chegaram a realizar 56 testes apenas em uma tarde, isto somado ao número de pessoas que fazem em casa por conta própria. 

A própria página da Prefeitura Municipal de Eunápolis, tem sido duramente criticada por uma suposta omissão de casos. Embora não se possa provar, as desconfianças dos munícipes já se arrasta por semanas, e nestes últimos dias a situação ficou ainda mais duvidosa. Vale ressaltar que os testes realizados nos postos de saúde, não são inválidos, porém, não servem como dados amostrais para alimentar a planilha do LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia), uma vez que, se o teste for positivo, a pessoa deve ser encaminhada a um centro de testagem para realizar o procedimento RT-PCR, e não apenas o antígeno.

Vários especialistas afirmam que o teste rápido é uma medida imediata para iniciar um tratamento, e não para informações oficiais. Basta observarmos que mesmo realizando testes rápidos,alguns jogadores de futebol ficam isolados em hotel, quando dirigem-se a outros países.  Fica o alerta para a população: O Voz Ativa não tem o intuito de espalhar pânico entre os munícipes, mas sim, de alerta-los sobre diagnósticos que não servem para a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. 


Fonte: Leitura  do Dia com Alinne Werneck  

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.