POR UNANIMIDADE: Ex candidata a vereadora é condenada em segunda instância por crime de difamação



O conselho de desembargadores da 4° turma recursal rejeitou com decisão unânime o recurso apresentado por Brandli Chaves Nascimento, que é ré por calunia e difamação. 


No entendimento dos desembargadores, as ofensas proferidas por Brandli Chaves, ultrapassaram os limites do mero aborrecimento, e feriram de forma gravíssima a honra da vítima, que trata-se da jornalista Alinne Werneck, comentarista da rádio Ativa FM.


Deste modo, o magistrados mantém a condenação em primeira instância, e acrescenta os valores das custas processuais e honorários advocatícios.


A jornalista afirma que esta vitória deve ser o incentivo para outras pessoas que possam vir a ser vítimas de crimes tais como estes.







Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.